Ideia Fértil

Tratamentos de Reprodução Humana

Tratamentos de Fertilidade

Reprodução Assistida, o tratamento da saúde reprodutiva.

O Ideia Fértil oferece as técnicas de última geração disponíveis para o tratamento de Reprodução Assistida, que podem ser divididas em procedimentos de baixa ou alta complexidade.

Há dois modelos de atendimento para realização do tratamento. É possível optar pelo atendimento pela equipe, onde ao longo do tratamento o paciente é atendido por diferentes médicos da nossa equipe, ou o atendimento personalizado, onde apenas um médico, da escolha do paciente, acompanha todo o tratamento. 

Quando pensar na infertilidade do casal?

A necessidade de um tratamento deve-se inicialmente a um problema de infertilidade do casal, pode ser originária do homem ou da mulher, e não significa necessariamente que o casal não possa chegar a concepção, mas sim, que eles tenham dificuldade de chegarem a uma gravidez.

Em uma tentativa natural de engravidar, um casal precisa tentar pelo período mínimo de um ano para considerarem a possibilidade de infertilidade, isso porque apenas 30% dos casais obtém sucesso nas tentativas de uma gestação, por isso, é necessário aguardarmos esse período completo. No caso de pacientes mulheres com mais de 35 anos, é necessária uma pesquisa e avaliação em menos tempo de tentativas devido a baixa produção de óvulos e qualidade dos mesmos.

Infertilidade masculina

É a baixa produção de gametas masculinos, os conhecidos espermatozoides, ou ainda a baixa qualidade deles, o que chamamos de espermatozoides lentos ou imóveis, que não se movimentam para a chegada aos gametas femininos, os óvulos.

Infertilidade feminina

Deve-se a muitos fatores, mas o principal é a baixa produção de óvulos, assim como a baixa qualidade deles, com poucos números de óvulos e em tamanhos pequenos é dificultado o encontro e acesso do espermatozoide após a ejaculação masculina no aparelho reprodutor feminino não chegando assim a fecundação e posterior formação de um embrião.


Baixa Complexidade

Coito Programado – (CP)

O tratamento de Coito Programado é baseado na administração de medicações. Após o uso dos remédios, o paciente é submetido a exames de ultrassom para verificar respostas ovulatórias. Depois deste processo, o médico orienta, baseado no dia mais fértil, a aplicação de um medicamento injetável e os dias mais favoráveis à relação sexual. São indicadas, em média, quatro a seis tentativas por este método.

Inseminação Intrauterina – (IIU)

Na Inseminação Intrauterina, após tomar medicações, geralmente via oral, são realizados ultrassons para analisar as respostas ovulatórias e orientar, com base no dia mais fértil, a aplicação de medicamento injetável e a data para comparecimento do casal ao Instituto. Neste mesmo dia, o marido irá colher uma amostra de sêmen, que será preparado e introduzido diretamente no útero da mulher.


Alta Complexidade

Fertilização In Vitro – (FIV)

A Fertilização In Vitro consiste em estimular os ovários por meio de medicações, geralmente injetáveis, para que um número adequado de folículos seja recrutado. A resposta dos ovários é acompanhada constantemente através de ultrassons. Quando os folículos reagem ao tratamento e atingem o tamanho ideal, a paciente é submetida à punção destes óvulos, procedimento realizado no Centro Cirúrgico. Após puncionar os óvulos, acontece a fertilização, em laboratório, com o sêmen do parceiro. Caso sejam formados embriões, eles são posteriormente transferidos para o útero.


Injeção Introcitoplasmática de Espermatozoide – ICSI

Alguns homens possuem um número reduzido ou ausência de espermatozoides. Isso pode acontecer por diversas razões, como vasectomia prévia, trauma, varicocele, etc. A alternativa para estes casos a técnica assistida. Para cada óvulo obtido, apenas um espermatozoide é necessário. Dessa forma, o embriologista introduz em cada óvulo um espermatozoide. Após um período de aproximadamente dois a três dias, é possível saber se os embriões foram formados e, em casos positivos, transferi-los ao útero. Passados 12 a 14 dias, um exame de gravidez é realizado na Instituição.


Casos Especiais

Casos Especiais

Cadeirantes

Paternidade Além das Rodas

Porque ser pai, é se descobrir mais capaz a cada dia.

Um programa especial e também de responsabilidade social do Instituto Ideia Fértil de Saúde Reprodutiva.

A reprodução assistida vai além dos pacientes inférteis, entre outras, ela auxilia e permite que pacientes com lesão medular possam constituir sua família, dar sequência às suas características genéticas.

Através da tecnologia e procedimentos adequados, é possível extrair do paciente cadeirante os gametas saudáveis para a realização da fertilização em laboratório ou através de inseminação na parceira.

Fomos para o exterior, pesquisamos e entendemos qual seria o procedimento mais adequado para esses pacientes, o que teria de inovação para trazermos para o nosso Instituto com a finalidade de atenderemos melhor esse perfil.

Trouxemos um equipamento de eletroestimulação, diferente do vibroejaculador, que também é uma alternativa para pacientes com lesões mais leves, o eletroestimulador consegue obter do paciente maior número de espermatozoides e com maior motilidade, ou seja, aumentando o percentual de espermatozoides móveis, aumentam a chances de fecundação com o óvulo para a formação de embriões. Essa tecnologia disponível por valores acessíveis em nosso Instituto, é pioneira e exclusiva no Brasil através dos nossos serviços.

O projeto vai muito além da tecnologia que trouxemos, temos entre os objetivos permitir a capacidade de planejamento financeiro para o tratamento. Sabemos que cadeirantes já tem altos custos com acessibilidade e reabilitação no dia-a-dia, começando pela parceira cadeira de rodas, e depois, muitos outros detalhes, como por exemplo, equipamentos especiais para os que realizam esportes e até mesmo roupas, tudo tem um custo diferenciado, por isso o auxílio para um planejamento financeiro é essencial.

Também e mais importante é o auxílio e orientação psicológica. É preciso preparar o homem para um novo cenário em sua vida, fazê-lo perceber o quanto é possível seguir um sonho de ser pai, que ser pai está no coração e independente da condição de andante ou cadeirante. É preciso estar preparado para esse amor incondicional que a paternidade proporciona, por isso, temos uma equipe de psicólogos especializada em reprodução assistida e engajada na causa de acessibilidade para auxiliar os pacientes que desejarem ter filhos.

Mesmo com um apoio de planejamento financeiro e acompanhamento e orientação psicológica prévia ao tratamento, ainda entendemos a necessidade de levar a informação para os pacientes de lesão medular, ainda que não desejem ter filhos, temos o compromisso de, através da nossa equipe médica especializada, levar palestras e aulas para esses pacientes, para que saibam sobre as possibilidades para cadeirantes que desejam ser pais. Para isso, estamos buscando parcerias com centros de reabilitação e outras instituições para cadeirantes, assim como eventuais espaços para a prática de esportes entre outros.

Nosso projeto está apenas começando, esperamos construir uma história de realizações junto a todos que acreditarem no nosso propósito.

Informação qualificada para auxiliar na reabilitação, tecnologia inovadora, equipe capacitada, orientação psicológica, planejamento financeiro acessível. Esse é o nosso projeto Paternidade Além das Rodas. Nós queremos que todos os homens que sonham em ser pai, realizem esse sonho.

Casais Homoafetivos

As novas famílias. As diversas formas de amar.

Nas relações humanas, cabem muitas formas de constituirmos famílias. Entende-se família como qualquer núcleo de pessoas aptas a doarem e receberem amor do outro com a finalidade de desenvolverem os indivíduos para a vida. 

Inúmeros exemplos ilustram esta situação. Pode-se citar os casos de avós que criam um neto sem a presença dos pais e mães ou pais que criam seus filhos após o término do relacionamento conjugal.

Para tanto, o ingrediente básico para existir uma família de verdade é o amor. E nós acreditamos nisto. Onde há amor, há o direito de se constituir família.

Dentro deste contexto, as famílias planejadas apresentam diversas formas de existir, não só no formato tradicional, mas em sua pluralidade. Assim, casais homoafetivos também podem exercer seu direito garantido por lei de constituírem uma família. A possibilidade de darem continuidade a sua genética ou simplesmente realizarem o sonho da dupla maternidade ou dupla paternidade existe e possui algumas peculiaridades.

As técnicas de reprodução humana possibilitam a realização deste objetivo e o Instituto Ideia Fértil está pronto para receber todos que tenham o legítimo desejo de formarem suas famílias do modo que considerarem melhor

Procedimento para os casais homoafetivos femininos

O tratamento pode ser de baixa complexidade, como a inseminação artificial, ou de alta complexidade, como a fertilização in vitro (FIV) ou ICSI, o qual possui maiores chances por possibilitar a formação de um maior número de embriões. Ambas situações necessitam da doação anônima do sêmen. Além da possibilidade de apenas uma das parceiras ter a estimulação ovariana controlada e receber o sêmen doado visando a uma gravidez, estes casais podem, se desejarem e conforme avaliação médica, optarem pela Maternidade Biológica Compartilhada, ou seja, o filho será gerado em uma das mães com o gameta feminino da outra. Assim, uma será a mãe genética e a outra a mãe gestacional. 


Procedimento para os casais homoafetivos masculinos

A técnica para a constituição de família é de alta complexidade, FIV ou ICSI e depende da doação de óvulos de outra mulher e  do útero de substituição, que é quando a mulher cede seu útero para que o embrião possa ser desenvolvido.

No caso da doação dos oócitos, entendam óvulos, a doadora é anônima e nunca terá contato com o casal ou a criança, o casal pode pré definir as características físicas que desejam na doadora similares às deles através de alguns dados descritivos das doadoras.

 No que se refere ao útero de substituição, no Brasil, só é permitido que seja de uma mulher da família de um dos parceiros, e pode ter até o quarto grau de parentesco, ou seja, a mãe, irmã, avó, tia ou prima podem ceder seu útero e gestarem o embrião que foi formado a partir do óvulo doado e do esperma de um dos parceiros. Demais casos estão sujeitos à autorização do Conselho Regional de Medicina. Também relacionado ao útero de substituição, a doação temporária não poderá ter caráter lucrativo ou comercial. 

Especialidades de apoio ao tratamento gratuitas

Independente de qual seja a relação homoafetiva, é importante que haja muito entendimento, esclarecimento sobre os procedimentos, definições compartilhadas entre o casal e muito amor entre os envolvidos em todo o processo, afinal, a partir daqui, dar-se-á início a uma família.

Para os casais que quiserem compreender a partir da psicologia o processo do tratamento, nossos serviços oferecem o acompanhamento gratuito da nossa equipe de psicólogos especializada em Reprodução Humana Assistida. ter o apoio de uma equipe especializada faz a diferença em um momento tão importante da vida do casal.

Sintam-se bem-vindos ao Ideia Fértil, esperamos poder fazer parte da história das novas famílias!


Casais com Doenças Raras

As Doenças Raras (DRs) acometem até 65 pessoas em cada 100 mil indivíduos nascidos. Estima-se que 80% das DRs apresentam etiologia genética. São progressivas, crônicas, degenerativas e incapacitantes e muitas vezes resultam na morte do indivíduo acometido.

A associação da fertilização in vitro com o PGD mostra-se eficaz e necessária para a seleção de embriões livres de doenças graves. A técnica pode ser aplicada para diversas doenças genéticas desde que a mutação associada a ela seja conhecida. Os testes genético de rastreamento das doenças genéticas comuns podem ajudar na identificação de alelos mutados em um casal sem histórico de doenças genéticas.

O Instituto Ideia Fértil desenvolveu uma área e dedicou equipe genética e laboratório para tratar com exclusividade casais com doenças raras. Também estamos contribuindo para o desenvolvimento profissional dos médicos especializados em reprodução humana assistida através da realização anual do Simpósio Internacional de Reprodução Humana e Genética e Jornada Multidisciplinar de Doenças Raras.

Inovação nos estudos e genética para levar até os portadores a possibilidade de constituírem suas famílias. Nosso compromisso com a saúde.



Maternidade Independente

Muitas mulheres hoje, por diversos e diferentes motivos optam por ficarem sozinhas, sem um relacionamento sexual afetivo estável e fixo. Em um mundo de tantas possibilidades para realização de sonhos, muitas vezes um parceiro(a) para a vida  não seja a forma mais adequada de se relacionar, porém, isso não exclui o fato que grande parte destas mulheres também sonham com a maternidade, em gestar, amamentar, pegar um bebê no colo e chamá-lo de filho. É a natureza feminina, e deve ser compreendida e respeitada. 

Para essas mulheres que optam pela liberdade e individualidade durante a vida, a Reprodução Humana Assistida permite a realização da maternidade, não é preciso ter um homem para realizá-la, basta desejar e acreditar que a capacidade de criar e educar uma criança sem o pai existe dentro de toda mulher, as técnicas para que a gestação aconteça vocês podem deixar que nossa equipe capacitada e especializada cuidará para você.

O tratamento de reprodução assistida segue o mesmo protocolo que o de casais homoafetivos femininos,  pode ser de baixa complexidade, como a inseminação artificial, ou de alta complexidade, como a fertilização in vitro (FIV) ou ICSI, o qual possui maiores chances por possibilitar a formação de um maior número de embriões. Ambas situações necessitam da doação anônima do sêmen.

O mundo mudou, as mulheres mudaram, é preciso nos adaptarmos às novas situações na vida, ensine sim, ao seu filho o que um homem ensinaria, pois, com exceção do sistema reprodutivo feminino e masculino que de fato se diferenciam em sua formação e funcionalidades, todas as outras coisas não têm gênero, o futebol pode ser jogado por mulheres, o ballet pode ser dançado por homens e isso não define sexualidade, apenas permite que os seres humanos possam vivenciar as mesmas experiências, sem preconceitos e com muito, muito amor pela vida.

Mulheres independentes, sejam bem-vindas ao Ideia Fértil. 

Nós defendemos a sua causa. Vocês também têm o direito de constituir a sua família, do seu jeito, ao seu modo de viver!


Paternidade Independente

Tratamentos Masculinos


Preservação da Fertilidade

Voltar ao topo